Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Petrobras abre licitação de US$ 2 bi para o pré-sal

A Petrobras já deu início às compras dentro de uma nova estratégia, que visa a atrair fabricantes de equipamentos para o País. A estatal está licitando uma encomenda de 300 árvores de natal - conjunto de válvulas que regulam poços de petróleo.

Agência Estado |

Acordo Ortográfico Orçado pelo mercado em US$ 2 bilhões, o contrato é inédito. Até então, a companhia licitava pacotes menores e direcionados para cada campo de produção. Considerando outros equipamentos, a expectativa é de que até o fim deste ano as licitações cheguem a US$ 10 bilhões.

A nova forma de encomenda havia sido citada pelo presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, como forma de incentivar a instalação de fabricantes no País e o aumento da capacidade industrial local para atender à demanda dos projetos de exploração dos campos descobertos na camada do pré-sal, localizada abaixo do leito marinho. "Mas, além do pré-sal, essa estratégia será adotada em todos os projetos da empresa, também para reduzir custos com a criação de uma escala, com produção em série", disse a fonte.

Além das "árvores de natal", a companhia deve lançar em breve outras encomendas de risers (tubos que ligam a plataforma ao poço), manifolds (conjunto de válvulas) e demais equipamentos para os sistemas produtivos. Para a área onde está localizado o bloco de Tupi, na Bacia de Santos, por causa da elevada profundidade das reservas (de 6 mil a 7 mil metros), o presidente da Petrobras havia estimado que o custo de cada sistema deverá girar em torno de US$ 7 bilhões. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia mais sobre licitações para o pré-sal

Leia tudo sobre: licitações para pré-sal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG