Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pessimismo internacional faz Ibovespa recuar em pregão de poucos negócios

São Paulo, 22 dez (EFE).- O Ibovespa, principal indicador da Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo (BM&FBovespa), fechou hoje em queda de 3,87%, para 37.

EFE |

618 pontos, sob influência direta do pessimismo que imperou nos mercados internacionais.

Em um dia de poucos negócios e no qual se começou a sentir o recesso do pregão nos próximos dias 24 e 25 pelo feriado de Natal, os investidores começaram a semana com cautela e atentos ao movimento dos mercados externos, que começam a fechar no vermelho um ano marcado pela crise financeira internacional.

No Ibovespa, o panorama negativo se refletiu nos papéis líderes, como os da Petrobras e da Vale.

Os papéis preferenciais da Petrobras, os mais negociados no mercado à vista do Ibovespa, com participação de 18,89%, tiveram uma queda de 5,18%, enquanto os similares da Vale recuaram 4,40%.

Segundo dados ajustados após o fechamento, o Ibovespa perdeu 1.513 pontos com relação ao fechamento da última sexta-feira, quando retrocedeu 1,02%. O índice principal oscilou entre 37.477 pontos - mínimo do dia (-4,2%) - e 39.451 pontos - máxima (+0,81%).

O giro financeiro, reduzido, foi de US$ 2,521 bilhões, com 201.143 operações contabilizadas e mais de 21,985 bilhões de títulos em circulação.

Entre as 66 ações que integram o Ibovespa, 12 registraram alta, 53 queda, e uma ficou estável.

O destaque ficou por conta dos papéis preferenciais da Aracruz, com alta de 4,58%, e dos ordinários da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), com forte queda de 9,23%. EFE wgm/fr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG