O indicador composto antecipado para a zona da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômicos (OCDE) se reduziu em 0,5 ponto em maio, ficando nos 97,2 pontos, e continua mostrando um enfraquecimento das perspectivas de crescimento nas sete grandes economias, exceto o Japão e a Itália, anunciou nesta sexta-feira o organismo.

Esse indicador é inferior 4,6 pontos a seu nível de maio de 2007.

Os dados mais recentes das grandes economias que não integram a OCDE parecem indicar uma expansão das perspectivas na China, mas uma alteração nas perspectivas do Brasil e da Índia e um crescimento contínuo na Rússia.

Para os Estados Unidos, esse indicador se reduziu 0,4 ponto e maio e ficou abaixo 4,9 pontos em relação há um ano.

Para a zona euro, se reduziu 0,5 ponto e continua abaixo de seu nível de há um ano, 4,3 pontos.

O Japão, em compensação, aumentou 0,5 ponto neste período e está abaixo de seu nível de maio de 2007 em 4,9 pontos. A Itália também aumentou 0,2 pontos, mas em queda de 3,3 pontos em relação há um ano.

ito/aag/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.