P - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Período de festas nos EUA será o mais difícil para os lojistas: S P

A agência de classificação de riscos Standard and Poors anunciou nesta segunda-feira um período de festas nos Estados Unidos mais difícil que os lojistas possam recordar com vendas estáveis no melhor dos casos em relação ao ano passado e, no pior dos casos, com um retrocesso de 2%.

AFP |

"O comércio a varejo - que enfrenta uma montanha de desafios, entre os quais um mercado financeiro em péssima situação, além de desemprego crescente, gastos e a confiança dos consumidores em baixa, volatilidade extraordinária das bolsas e grande incerteza sobre os mercados financeiros - se mantém em atitude defensiva, explica a S&P em nota intitulada "A temporada de festas de 2008: nenhum diamante na meia de lã".

Segundo suas previsões, as vendas a varejo em novembro e dezembro (excluindo o setor de alimentação) serão "no melhor dos casos" de 255 milhões de dólares, como em 2007 mas, "segundo um cenário mais provável" poderão ficar em 250 bilhões de dólares, um retrocesso de 2% em um ano.

A S&P estima estas cifras "muito preocupantes se for levado em conta que, nos últimos dez anos, as vendas das festas de fim de ano cresceram em média 4,4% ao ano, e que o pior ano foi 2002, quando aumentaram 1%".

"O último trimestre de 2008 será triste, com os consumidores cortando gastos, e com a tendência a esperar até o último minuto para comprar, ou não, durante as festas", segundo a agência.

Novembro e dezembro são justamente os meses que concentram 22% das vendas anuais dos lojistas e "um percentual bastante elevado dos lucros", assinala a S&P.

hh/fga/sd

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG