SÃO PAULO - O primeiro trimestre de 2010 representou para a PepsiCo um lucro líquido 26% maior, em relação a um ano antes, e receitas líquidas 13% mais elevadas. O desempenho da empresa foi impulsionado pela aquisição de duas engarrafadoras e por ganhos nas atividades de bebidas e salgadinhos no mundo, bem como custos menores em suas operações. Nos três meses até o dia 20 de março, o lucro líquido foi de US$ 1,434 bilhão, contra o US$ 1,141 bilhão de período correspondente de 2009. O lucro líquido atribuível à empresa somou US$ 1,43 bilhão, excedendo o US$ 1,135 bilhão do trimestre findo em 21 de março do ano passado. A receita líquida saiu de US$ 8,263 bilhões para US$ 9,368 bilhões.

SÃO PAULO - O primeiro trimestre de 2010 representou para a PepsiCo um lucro líquido 26% maior, em relação a um ano antes, e receitas líquidas 13% mais elevadas. O desempenho da empresa foi impulsionado pela aquisição de duas engarrafadoras e por ganhos nas atividades de bebidas e salgadinhos no mundo, bem como custos menores em suas operações. Nos três meses até o dia 20 de março, o lucro líquido foi de US$ 1,434 bilhão, contra o US$ 1,141 bilhão de período correspondente de 2009. O lucro líquido atribuível à empresa somou US$ 1,43 bilhão, excedendo o US$ 1,135 bilhão do trimestre findo em 21 de março do ano passado. A receita líquida saiu de US$ 8,263 bilhões para US$ 9,368 bilhões. (Juliana Cardoso | Valor)
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.