México, 28 jun (EFE).- A empresa pública Petróleos Mexicanos (Pemex) anunciou hoje a ativação do plano de resposta à emergência por furacões perante o avanço pelo Golfo do México da tempestade tropical "Alex", informou hoje a empresa.

México, 28 jun (EFE).- A empresa pública Petróleos Mexicanos (Pemex) anunciou hoje a ativação do plano de resposta à emergência por furacões perante o avanço pelo Golfo do México da tempestade tropical "Alex", informou hoje a empresa. O Serviço Meteorológico Nacional (SMN) informou em comunicado emitido às 14h locais (16h, em Brasília) que a tempestade "Alex" se desloca a uma velocidade de 11 km/h rumo norte-noroeste sobre águas do Golfo do México acompanhada de ventos de 95 km/h e sequências de 110 quilômetros. O centro da tempestade se encontrava a 110 quilômetros ao oeste-noroeste de Campeche, no México, e de 860 quilômetros ao sudeste de Brownsville, no estado americano do Texas. O índice de periculosidade de "Alex" se mantém "moderado", já que a tempestade "continuará se intensificando" e "tomará características de furacão entre as próximas 36 e 48 horas", segundo o SMN. Com relação às medidas da Pemex, o grupo de trabalho que está a cargo do plano de emergência "determinou que no litoral de Veracruz e Tamaulipas iniciasse a fase de implementação de medidas preventivas nas plataformas Lankahuasa, Carpa, Bagre e Arenque". O Sistema Nacional de Defesa Civil (Sinaproc) informou hoje que por enquanto não há regiões do México em "alerta vermelho" (perigo máximo). Em nível "verde" (perigo baixo) estão três estados: Chiapas, Veracruz e Tamaulipas, enquanto em Quintana Roo, o primeiro estado golpeado pela tempestade, há um "alerta azul" (perigo mínimo). Por enquanto, a primeira tempestade tropical da temporada não deixou vítimas em sua passagem pelo México. EFE act/ab

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.