Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pelosi quer aprovar até 16 de fevereiro plano de resgate econômico

Washington, 8 jan (EFE).- A presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, disse hoje que prevê a aprovação de um ambicioso plano de reativação econômica no máximo em 16 de fevereiro.

EFE |

A legisladora democrata fez a afirmação em entrevista na rede de televisão pública "PBS", a primeira desde que, na terça-feira, foi confirmada como presidente da Câmara Baixa.

O objetivo da 111ª sessão legislativa é "trabalhar nisso e tê-lo assinado, enviado e entregue ao povo americano antes do recesso do Dia dos Presidentes", em 16 de fevereiro, explicou.

Pelosi destacou que o feriado é seu prazo final para que as duas Câmaras do Congresso aprovem o plano, promovido pelo presidente eleito, Barack Obama, e cujo valor poderia chegar a US$ 800 bilhões.

"Esse é meu prazo e, se não temos um acordo e um projeto de lei até então, não teremos um recesso. Não podemos sair daqui sem um pacote de recuperação econômica para o povo americano, porque, como disse o presidente eleito, as conseqüências são muito graves", afirmou Pelosi.

Devido à falta de ação do presidente George W. Bush perante a crise atual, "devemos agir e devemos agir agora", sustentou a líder democrata.

O plano de estímulo econômico, segundo explicou Obama, incluirá mais investimentos em infra-estrutura, ajudas aos Governos locais e estaduais, e a criação ou preservação de três milhões de empregos.

Embora não se conheçam os detalhes do plano que o Congresso elabora, em estreita cooperação com a equipe de transição de Obama, Pelosi indicou que o pacote econômico estará dividido, quase em proporcionais iguais, entre gastos fiscais e cortes de impostos. EFE mp/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG