Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pelosi afirma que montadoras devem mudar para obter ajuda

A presidente democrata da Câmara de Representantes, Nancy Pelosi, declarou nesta terça-feira que as três grandes montadoras de automóveis dos Estados Unidos devem se transformar para receber a ajuda federal.

AFP |

"Esta ajuda deve vir acompanhada de condições estritas", advertiu Pelosi, que citou como exemplo o congelamento de salários, benefícios e indenizações pagos a diretores, assim como a obrigação de "desenvolver novas tecnologias" para produzir veículos mais econômicos e menos poluidores.

Como uma forma de garantir o capital investido, Pelosi pede a construção de uma fábrica que integre tais conceitos, até março de 2009.

"Dizemos à indústria automobilística: não são apenas empresas livres, vocês são uma indústria em um país. Seu sucesso é importante para o destino industrial de nosso país. É importante para a segurança nacional (...) mas está claro que continuar assim não vai funcionar", afirmou Pelosi, em referência a situação financeira desastrosa de General Motors (GM), Ford e Chrysler.

"Pedi ao representante Frank (Barney), presidente da comissão de serviços financeiros, que prepare um projeto de lei", explicou Pelosi.

Os presidentes das três grandes montadoras de Detroit pediram nesta terça-feira ao Congresso a aprovação de uma verba adicional de 25 bilhões de dólares.

Alan Mullaly (Ford), Robert Nardelli (Chrysler) e Richard Wagoner (General Motors) compareceram ao Comitê Bancário do Senado para afirmar que precisam de mais 25 bilhões de dólares para evitar a falência, além dos 25 bi aprovados em setembro passado.

emp/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG