Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pedidos de seguro-desemprego nos EUA atingem nível mais alto em seis anos

Washington, 7 ago (EFE).- O número semanal de pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos aumentou em 7 mil e chegou a 455 mil na semana passada, o nível mais alto em mais de seis anos, informou hoje o Departamento de Trabalho americano.

EFE |

Os economistas consideram que, quando o número de solicitações supera as 350 mil, é um indício de fragilidade do mercado de trabalho. Se passar da marca de 400 mil, é um indício de recessão.

No entanto, um porta-voz do Departamento de Trabalho sugeriu que os pedidos de seguro-desemprego aumentaram, porque há mais pessoas qualificadas para pedir o subsídio desde que o presidente americano, George W. Bush, promulgou recentemente uma lei que estende o programa por mais de 26 semanas.

O Departamento de Trabalho informou na semana passada que o índice geral de desemprego subiu para 5,7% em julho.

A média de solicitações em quatro semanas, que é um indicador menos volátil, subiu em 26.750 e chegou a 419.500, o nível mais alto desde julho de 2003.

O número de pessoas que continuavam recebendo o subsídio, pago pelos Governos estaduais, aumentou em 31 mil e chegou a 3,3 milhões, o que indica que continua sendo difícil para muitas pessoas encontrar um novo emprego.

Este número foi o mais alto desde dezembro de 2003, e esteve acima dos 3 milhões desde meados de abril.

A média de pessoas que continuava recebendo o subsídio em quatro semanas aumentou em 27 mil e chegou a 3,2 milhões. EFE jab/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG