Washington - O número semanal de pedidos de seguro-desemprego aumentou em 30 mil e chegou na semana passada a 586 mil, o mais alta em 26 anos, informou nesta quarta-feira o Departamento de Trabalho americano.

A média em quatro semanas das solicitações, um indicador que compensa eventos excepcionais, subiu em 13,75 mil e chegou a 558 mil, o nível mais alto desde dezembro de 1982.

O número de pessoas que continuava recebendo o subsídio, pago pelos governos dos estados durante as primeiras 26 semanas, caiu em 17 mil, para 4,37 milhões na semana que terminou em 13 de dezembro.

O governo informou que a média em quatro semanas das pessoas que permaneciam no seguro-desemprego aumentou em 93 mil e chegou a 4,32 milhões, o número mais alto desde dezembro de 1982.

O dado de novas solicitações de seguro-desemprego mostra o ritmo de perda de postos de trabalho, e a informação sobre a permanência no seguro-desemprego indica a dificuldade em encontrar um emprego novo.

Leia mais sobre desemprego

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.