Washington, 18 mar (EFE).- O número de americanos que pediram seguro-desemprego na semana passada caiu em 5 mil, para 457 mil, informou hoje o Departamento de Trabalho, que destacou o fato de a queda semanal ter sido a terceira consecutiva.

Os dados também ficaram em linha com os cálculos dos especialistas, que esperavam uma diminuição para 455 mil.

Além de mostrar que o ritmo de demissões está caindo nas empresas americanas, os números mostram que a maior economia do mundo começa a se recuperar da recessão mais grave que enfrentou desde a Grande Depressão, nos anos 1930.

Para que os gastos dos consumidores, responsáveis por quase 70% do Produto Interno Bruto (PIB), voltem a subir, é preciso que o emprego cresça de forma sustentada.

O relatório de hoje também mostrou que, no último mês, o número de pedidos de seguro-desemprego ao Governo federal caiu, em média, em 4.250, para 471 mil por semana.

Apesar da queda registrada nas últimas três semanas, os pedidos continuam 5,8% acima do número registrado no fim de 2009. EFE jab/sc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.