NOVA YORK - O número de novos desempregados se manteve alto na semana encerrada em 7 de fevereiro nos EUA, mas diminuiu em relação à semana anterior.

De acordo com informações publicadas nesta quinta-feira pelo departamento do Trabalho, em dados corrigidos pelas variações sazonais, foram apresentados 623 mil pedidos de seguro-desemprego, um número 84% maior do que o do mesmo período de 2008.

Os números da semana anterior (encerrada em 31 de janeiro) foram revisados em alta, para 631 mil, recorde desde outubro de 1982. Apesar da melhora, os analistas esperavam algo em torno de 610 mil pedidos.

Em média ajustada de quatro semanas, o número de novos pedidos semanais de seguro-desemprego subiu para 607.500, o maior nível desde novembro de 1982. Segundo o departamento do Trabalho, a taxa de desemprego chegou a 3,6% em 31 de janeiro, estável em relação a uma semana antes.

O País conta agora com 4,810 milhões de desempregados indenizados, uma taxa em alta durante quatro semanas consecutivas, e que é a mais elevada desde o início da publicação desta estatística em 1967. O recorde de novembro de 1982 foi batido na semana encerrada em 17 de janeiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.