Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pedidos de recuperação judicial aumentam 130% em dezembro e 16% no ano

SÃO PAULO - Os efeitos da crise econômica global continuam aparecendo em indicadores brasileiros, tendo destaque hoje no salto de 130% nos pedidos de recuperação judicial apurados em dezembro último, no confronto com o mesmo mês de 2007. Dados da Serasa Experian mostram que na comparação com o mês de novembro a expansão foi de 17,9%.

Valor Online |

Conforme levantamento divulgado hoje, ao longo do ano a expansão dessas solicitações de recuperação judicial foi de 16% em relação a 2007, com 312 pedidos. No caso das solicitações de falências, instrumento que perdeu um pouco de presença após a nova Lei de Falências, houve baixa de 17,6% na comparação com 2007, ainda assim com 2.243 pedidos ao longo do ano. No confronto entre os meses de dezembro de 2008 e de 2007, o recuo foi de 15,2%, com 173 eventos.

A avaliação da Serasa Experian aponta como explicação para os dados a dificuldade das empresas na gestão financeira, principalmente com o enxugamento de crédito no trimestre final de 2008. A taxa Selic ainda alta não colaborou para o indicador, assim como a evolução na inadimplência dos consumidores. A entidade acredita que 2009 exigirá das empresas uma reorganização não só financeira e produtiva, mas também organizacional.

Os demais dados mostram que no período anual as recuperações judiciais deferidas aumentaram 13,8% (222 casos) e as concedidas tiveram aumento de 146,2% (32 casos) em relação a 2007.

No caso dos pedidos de recuperação extra-judicial, a Serasa registrou 14 casos do tipo no ano, mais do que os 9 casos apurados um ano antes. As falências decretadas totalizaram 969 casos no ano, com queda de 34,5%. No mês de dezembro a baixa foi de 43,8%, com 45 casos registrados.

(Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG