Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Paulson insta pares estrangeiros a imitar plano americano para bancos em crise

O secretário norte-americano do Tesouro, Henry Paulson, anunciou neste domingo que instará seus colegas de outros países a elaborar planos para comprar os ativos podres das instituições financeiras em problemas quando for oportuno.

AFP |

"Vou pedir a nossos colegas de todo o mundo que concebam programas similares para seus bancos e entidades (financeiras) quando for oportuno", disse Paulson à rede de TV Fox. "Lembrem que vivemos em um sistema mundial", enfatizou.

O governo norte-americano submeteu neste final de semana à análise do Congresso um plano de resgate que inclui o desbloqueio de até 700 bilhões de dólares para comprar ativos "não líquidos" dos bancos e reabilitar o sistema financeiro que atravessa uma grave crise.

Paulson afirmou também que não tinha a intenção de beneficiar os fundos de investimentos de risco (hedge funds) com o plano.

"A intenção no momento seria não comprar (dívidas duvidosas) de fundos de investimentos de risco", declarou Paulson à rede Fox.

"Mas evidentemente gostaríamos de comprar (ativos) de instituições financeiras que empreguem pessoas e que representem uma parte importante de nossa economia", acrescentou.

Paulson não descartou a retomada de ativos em poder de uma filial norte-americana de uma firma financeira estrangeira.

"Para os americanos, se uma instituição que faz negócios aqui está asfixiada e não pode desempenhar seu papel necessário, trata-se de uma distinção sem preocupação de saber se é (uma firma) norte-americana ou pertencente a estrangeiros", disse.

chr/dm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG