O secretário do Tesouro dos EUA, Henry Paulson, disse que o programa que está sendo alinhavado para estancar a atual crise financeira irá custar centenas de bilhões de dólares para que efetivamente atinjam os problemas nos mercados financeiros que estão, no final das contas, colocando o emprego, a poupança e os investimentos dos norte-americanos em risco. A proteção aos contribuintes será a estabilidade que esse programa de alívio dos ativos problemáticos dará ao sistema financeiro, mesmo que envolva um investimento significativo de dólares dos contribuintes, disse.

"O governo federal deve implementar um programa para remover estes ativos sem liquidez que estão pesando negativamente sobre nossas instituições financeiras e ameaçando nossa economia", disse Paulson. "Isto precisa ser grande o suficiente para fazer um diferença real", acrescentou. Na breve entrevista concedida, o secretário do Tesouro deixou muitas perguntas sem resposta.

Mais imediatamente, as agências hipotecárias Fannie Mae e Freddie Mac - que foram assumidas pelo governo no início deste mês - irão elevar o volume de compras de dívida lastreada por hipotecas, afirmou.

Para facilitar este esforço, o Tesouro irá expandir o programa de compras de ativos lastreados por hipotecas anunciado no começo do mês. "Quando entramos em um período de dificuldade, nossa próxima tarefa é melhorar a estrutura regulatória financeira de modo a evitar que tais excessos ocorram", afirmou Paulson, chamando o sistema regulatório de "subeficiente, duplicado e desatualizado". As informações são da Dow Jones.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.