Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Paulson aconselha Governo dos EUA a rever atuação no mercado imobiliário

Washington, 7 jan (EFE).- O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Henry Paulson, disse hoje que o Governo americano deve rever a participação no mercado imobiliário e os subsídios que concede à compra de imóveis.

EFE |

Em discurso no Clube Econômico de Washington, Paulson pediu uma reforma de Fannie Mae e Freddie Mac, os gigantes imobiliários nos quais o Governo interveio no ano passado para evitar que entrassem em colapso.

Essas empresas, criadas pelo Congresso, tinham acionistas que lucravam com seus negócios, mas, ao mesmo tempo, possuíam uma garantia oculta de que, se algo acontecesse com elas, o Governo as ajudaria.

Essa impressão do mercado foi concretizada quando a crise imobiliária atingiu as firmas e o Departamento do Tesouro decidiu que, se o Governo as deixasse afundar, criaria um pânico financeiro.

Paulson destacou hoje que, para essas duas companhias, voltar ao modelo antigo "não é uma opção".

O secretário do Tesouro disse que o Governo deve decidir "que papel, em geral, e estas entidades, em particular, devem desempenhar no mercado imobiliário".

Ele recomenda que as autoridades nacionalizem Fannie Mae e Freddie Mac permanentemente, ou que elas deixem totalmente o negócio imobiliário.

"Qualquer meio termo é uma fórmula para outra crise", alertou Paulson.

O secretário do Tesouro também afirmou que o Governo deve avaliar o nível de subsídios, como incentivos fiscais e ajuda com hipotecas, que concede os americanos para fomentar a compra de imóveis.

Paulson indicou que esses benefícios poderiam ter contribuído com a bolha imobiliária. EFE cma/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG