BRASÍLIA - O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), o Paulinho da Força Sindical, está depondo neste momento no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados, onde responde a processo por quebra de decoro parlamentar. Ele é acusado de envolvimento em um esquema de desvio de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Sou inocente do que me acusam, afirmou o deputado no início do depoimento. Não tenho medo de enfrentar a verdade e não usei meu mandato irregularmente, acrescentou.

Paulinho disse que sua vida não permite que fuja da luta e que esperou com ansiedade a oportunidade de se defender no Conselho de Ética. Ele pediu aos integrantes do conselho que lhe dêem a presunção da inocência onde não houver certeza.

Questionado pelo relator do processo no Conselho de Ética, Paulo Piau (PMDB-MG), sobre o alcance das denúncias, Paulinho disse que não entendia o porquê da repercussão. O pedetista afirmou ainda que não existe nenhuma gravação feita pela Polícia Federal em que ele trate de dinheiro.

(Agência Brasil)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.