Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Parlamento venezuelano declarará Helvesa de utilidade pública

Caracas, 27 out (EFE) - O plenário do Parlamento venezuelano declarará amanhã de utilidade pública e interesse social a empresa Helvesa, uma das três fabricantes nacionais de grandes encanamentos para a indústria petrolífera, de gás e petroquímica.

EFE |

O anúncio foi feito em comunicado hoje pelo presidente da Comissão de Energia e Minas da unicameral Assembléia Nacional, Ángel Rodríguez, que acrescentou que, atualmente, a empresa "está parcialmente paralisada" e opera "sob muito más condições".

Isso, continuou, devido a que, desde 1985, nove anos antes de ser criada, enfrenta "um longo litígio" judicial por causas não detalhadas, o que gerou dívidas impositivas e trabalhistas.

A Helvesa, com capacidade de produção de 50 mil toneladas métricas anuais, tem 250 empregados, "os quais terão seus direitos trabalhistas respeitados, com foi a prática recorrente em todos os processos de nacionalização empreendidos para aprofundar o processo revolucionário", acrescentou.

Rodríguez explicou que, atualmente, este mercado está abastecido por três indústrias privadas e que as duas restantes "seguirão sendo particulares".

Estas últimas são Soldaduras e Tuberías de Oriente CA, a qual tem a maior capacidade instalada e participação no mercado, e a Imosa, que é de um tamanho similar ao da Helvesa.

O principal fornecedor da companhia é a Siderúrgica del Orinoco (Sidor), que tem como principal acionista o conglomerado ítalo-argentino Ternium, o qual o presidente venezuelano, Hugo Chávez, ordenou que também passe ao controle do Estado. EFE ar/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG