Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Parlamento do Canadá aprova plano de US$ 32 bi

O Parlamento do Canadá aprovou ontem à noite um plano de estímulo econômico de 40 bilhões de dólares canadenses (US$ 32 bilhões, assegurando a sobrevivência do governo conservador do primeiro-ministro, Stephen Harper. As medidas foram aprovadas por 211 dos 308 parlamentares, com o principal partido de oposição, o Liberal, apoiando os conservadores para evitar a quarta eleição em cinco anos.

Agência Estado |

O plano inclui 20 bilhões de dólares canadenses (US$ 16 bilhões) em alívio de imposto pessoal durante cinco anos, ajuda a setores em risco e o maior gasto em infraestrutura da história do país. O governo informou que o plano irá resultar em um déficit orçamentário de 1,1 bilhão de dólares canadenses (US$ 900 milhões) no ano fiscal que termina em março e de 64 bilhões de dólares canadenses (US$ 52 bilhões) nos próximos dois anos fiscais.

Ainda que esteja em posição relativamente melhor do que a de seus parceiros do G-7, o Canadá não conseguiu escapar da desaceleração. Mais de 100 mil empregos foram perdidos nos últimos dois meses e o Departamento de Finanças acredita que a economia irá registrar contração de 0,8% este ano. O Canadá é o último dos países do G-7 (grupo dos sete países mais industrializados do mundo) a anunciar um plano de estímulo para ajudar a reverter a recessão global. As informações são da Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG