brasiguaio - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Paraguai prende sem-terra por ameaça a brasiguaio

Assunção - Por ordem da promotoria, a polícia paraguaia prendeu hoje cinco líderes de sem-terra radicalizados no departamento (Estado) de San Pedro, no norte do país. O promotor Alcides Corvalán, de Capiibary, 340 quilômetros ao norte da capital, informou que mandou prender perto de 300 campesinos.

Agência Estado |

Segundo Corvalán, os sem-terra preparavam-se para invadir a propriedade do 'brasiguaio' Tranquilo Favero "para queimar o silo de soja".

"Porém os campesinos se dispersaram e só pudemos prender cinco, entre eles o líder principal Florencio Martínez, que serão imputados por incitação à realização de feitos puníveis, perturbação da paz pública e associação para o crime", disse o promotor. Corvaván afirmou que não houve feridos na operação policial.

Martínez é líder da Luta pela Terra. Ontem, ele desafiou, em entrevista coletiva, as forças do governo. O líder sem-terra disse que havia apenas 40 policiais e que a polícia deveria enviar reforços "pois nós somos mais de sete mil e no enfrentamento vamos derrotá-los com facilidade".

Ainda de acordo com Martínez, a população paraguaia "é soberana e vai expulsar os colonos brasileiros". "Não queremos mais brasileiros nesta zona e não queremos dialogar com o governo, tomaremos nossas próprias decisões contra os invasores brasileiros." O dirigente disse que a tentativa de queimar o silo não teve sucesso. Em Capiiabary, após a prisão dos sem-terra, perto de 100 outros campesinos se agruparam e aos gritos anunciaram que resgatariam seus líderes.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG