Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Paraguai inicia diálogo com sem-terra que ameaçam brasiguaios

Assunção, 1 nov (EFE).- As autoridades paraguaias começaram hoje um diálogo com grupos de sem-terra que intensificaram, nos últimos dias, as tentativas de ocupações de fazendas, principalmente as dos chamados brasiguaios.

EFE |

Uma comitiva liderada pelos ministros do Interior, Rafael Filizzola, e do Ambiente, José Luis Casaccia, realizam um encontro com dirigentes sem-terra em Capiibary, no departamento de San Pedro e 350 quilômetros ao leste de Assunção.

Os camponeses argumentam que no passado grandes extensões de terra foram cedidas ou arrendadas a pessoas não incluídas à reforma agrária, entre elas colonos brasileiros, e que, fora disso, os cultivos mecanizados como o da soja depredam florestas e poluem o meio ambiente.

A atual mobilização camponesa busca impedir, além disso, o início da sementeira de soja da temporada 2007-2008.

A tensão nas regiões agrícolas do Paraguai se intensificou com a detenção ontem de cinco lavradores sem-terra, depois da breve ocupação de uma fazenda de um produtor brasileiro de soja no departamento de San Pedro. EFE rg/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG