Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Paraguai anuncia perícia de documentos apreendidos em Itaipu

A Procuradoria do Paraguai informou nesta sexta-feira que começará na próxima segunda-feira a perícia dos documentos contábeis apreendidos em um caminhão da hidroelétrica de Itaipu na quinta-feira à noite em Assunção.

EFE |

Os documentos, achados em 53 caixas e que correspondem às chamadas "despesas sociais" de Itaipu, foram confiscados após uma denúncia realizada pelo senador Ramón Gómez Verlangieri.

Gómez Verlangieri informou à Procuradoria que esses documentos seriam levados dos escritórios da represa, em Assunção, a Ciudad del Este (a 330 quilômetros da capital paraguaia), para serem destruídos.

Robert Santa Cruz, um dos assessores jurídicos de Itaipu, desmentiu, no entanto, a intenção de destruir esses documentos, e argumentou que só estavam sendo transferidos por "razões operacionais".

O procurador Gustavo Gamba disse a jornalistas que foi formada uma equipe de funcionários do Ministério Público, que se encarregará a partir da segunda-feira da perícia dos documentos.

A apreensão ocorre uma semana antes da posse das novas autoridades do país, após a eleição do ex-bispo Fernando Lugo para a Presidência, em abril, à frente de uma coalizão de ampla base ideológica.

Além disso, o Paraguai reivindicou ao Brasil, na semana passada, o aumento do preço pago pela cessão de energia da hidroelétrica, assim como a intervenção dos organismos de controle em sua administração.

Essas exigências, assim como a renegociação do Tratado de Itaipu, são defendidas pelo presidente eleito, que assumirá o cargo no próximo dia 15, em substituição a Nicanor Duarte.

Leia tudo sobre: itaipu

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG