Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para Soros, há risco de depressão nos EUA

Uma recessão profunda na economia dos Estados Unidos é inevitável, e não se pode descartar a possibilidade de uma longa depressão. A afirmação é do megainvestidor George Soros.

Agência Estado |

Ele participou de uma audiência no Comitê de Supervisão e Reforma na Câmara de Representantes dos Estados Unidos (equivalente à Câmara dos Deputados no Brasil). Segundo Soros, a crise financeira "dizimou" os fundos de alto risco (hedge), que foram obrigados a reduzir suas carteiras entre 50% e 75%.

Ele preside o Soros Management Fund e fez fortuna com a especulação de moedas. Soros afirmou que o Departamento do Tesouro, o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) e a Comissão de Valores Mobiliários (SEC, na sigla em inglês) devem "aceitar sua responsabilidade de impedir que as borbulhas dos mercados se inflem muito no futuro".

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG