Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para ONU, crise global ameaça combate à pobreza

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, advertiu hoje sobre a ameaça representada pela crise financeira. Segundo Ban, o problema pode atrapalhar a campanha das Nações Unidas contra a pobreza.

Agência Estado |

Ban pediu liderança global, para que seja restaurada a ordem nos mercados financeiros internacionais. O secretário-geral também disse que era preciso que os países ricos fizessem concessões no setor do comércio aos mais pobres, e também demandou ações para que se evite as mudanças climáticas.

As declarações de Ban foram realizadas durante seu discurso de abertura da Assembléia Geral da ONU. O funcionário pintou um cenário nebuloso do mundo, não apenas pela crise financeira, mas também pelos problemas com a falta de alimentos para boa parcela da população e pelas crises energéticas. Ban censurou, além disso, a "nova retórica da confrontação".

"Nós devemos fazer mais para ajudar nossos companheiros seres humanos a lidar com a tempestade que se forma", disse ele. "Eu vejo o perigo de nações olharem mais para dentro, ao invés de caminhar para um futuro comum. Vejo o perigo de recuo no avanço que fizemos, particularmente no setor do desenvolvimento e de uma divisão mais equilibrada dos frutos do crescimento global."

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG