Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para Mantega, pior da inflação já passou

SÃO PAULO - As medidas fiscais e monetárias adotadas pelo governo, bem como o arrefecimento dos preços do petróleo e de algumas commodities alimentícias levam a crer que o movimento ascendente da inflação doméstica pode ter chegado ao fim. A opinião é o ministro da Fazenda Guido Mantega, que acredita que o pior já passou em termos de inflação.

Valor Online |

O ministro afirmou hoje que o aumento do superávit primário e da taxa básica de juros, entre outras iniciativas, permitiu ao governo afirmar que a inflação está sob controle no Brasil. Além disso, há uma reversão do quadro inflacionário internacional. Não sei se definitiva ou não, mas já é um bom início. Percebemos redução nos preços das principais commodities, que subiram e causaram essa inflação, como petróleo e alimentos, que já estão em fase descendente, disse Mantega.

Ele também garantiu que as medidas adotadas não vão comprometer o crescimento sustentado da economia, mas admitiu que o ritmo será menor. Tomamos iniciativas no sentido de moderar o crescimento. Ninguém vai abortar esse crescimento, disse Mantega, que voltou a mencionar sua projeção para um crescimento entre 4,5% e 5% no Produto Interno Bruto (PIB) de 2008.

Na avaliação do ministro, o aumento do superávit primário, implementado pela Fazenda, e da taxa básica de juros, da alçada do Banco Central (BC), são ações complementares para o combate à inflação. No entanto, chegou a dizer que a parte que cabe à Fazenda (do superávit primário) é o melhor instrumento para diminuir a demanda agregada.

Durante reunião com empresários do setor de infra-estrutura, em São Paulo, Mantega debateu temas como mini-reforma tributária e melhoria do ambiente de negócios. O ministro elogiou o empresariado, dizendo que está comprometido com o ciclo de crescimento sustentado do Brasil e que irá continuar investindo.

(Murillo Camarotto | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG