Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para G20, países precisam de medidas anticíclicas contra a crise

SÃO PAULO (Reuters) - O G20 defende a necessidade de políticas anticíclicas como forma de enfrentar os impactos da crise financeira global, disse neste domingo o ministro da Fazenda, Guiido Mantega. Os países devem realizar políticas anticíclicas... e essas políticas devem estar adequadas às posições de cada país, disse Mantega em entrevista à imprensa após reunião do G20 neste fim de semana, na capital paulista.

Reuters |

"Por exemplo, os países que têm uma situação fiscal mais sólida poderão fazer mais ações fiscais", explicou.

"A China saiu na frente, anunciando medidas de estímulo. Outros países também começaram a fazer políticas anticíclicas, diminuindo impostos, aumentando gastos públicos e investimentos", acrescentou.

(Reportagem de Renato Andrade e Elzio Barreto; texto de Alexandre Caverni; edição de Vanessa Stelzer)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG