Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para FHC, PSDB deve procurar candidato de consenso para 2010

SÃO PAULO - O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso não acredita que as prévias eleitorais sejam necessárias para escolher o candidato do PSDB à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2010. Para FHC, deve haver a escolha de um nome de consenso, que provavelmente será definido entre os governadores de São Paulo, José Serra, e de Minas Gerais, Aécio Neves.

Valor Online |

"Fundamental é ter uma boa candidatura e que o povo a queira. O que é importante para o PSDB é encontrarmos bons candidatos", ressaltou. "Serra não é o único, o Aécio também pode ser um bom candidato. Há vários que podem ser", acrescentou.

Fernando Henrique, que participou, no Rio de Janeiro, da entrega do prêmio Brasileiro Imortal, que homenageou a ex-primeira-dama Ruth Cardoso, minimizou ainda a atual união entre PT e PMDB. Perguntado sobre o governador do Rio, Sérgio Cabral, que tem como bandeira a união com Lula, FHC ironizou: "Isso tudo é muito variável. Acho que daqui a um ou dois anos o Cabral vai estar conosco", disse.

Além de comentar sobre o cenário político brasileiro para as eleições de 2010, Fernando Henrique não deixou de demonstrar o apoio a Barack Obama nas eleições presidenciais da semana que vem. Para FHC, o candidato democrata tem "valor simbólico imenso".

"Obama tem muito mais capacidade de dialogar. Ele tem uma visão mais ampla e já tem experiência multicultural porque viveu em outros países", ressaltou.

(Rafael Rosas | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG