BRUXELAS (Reuters) - Representantes comerciais da Europa e dos Estados Unidos afirmaram nesta quinta-feira acordo em setores industriais específicos para cortes de tarifas poderiam aumentar as chances de sucesso para a conclusão da Rodada de Doha. Acordos setoriais sobre tarifas pelo G20... poderiam reduzir significativamente a distância na direção de facilitar a conclusão da Rodada de Doha, afirmaram a BusinessEurope e uma associação norte-americana de produtos manufaturados em carta enviada aos representantes comerciais da União Européia e dos Estados Unidos.

"A fim de oferecer propostas que prometam substancial abertura de mercados para o mundo, entretanto, há a necessidade de reduções adicionais de barreiras tarifárias e não-tarifárias pelos países emergentes como China, Brasil e Índia", afirmaram as associações, em carta obtida pela Reuters.

As negociações na Rodada de Doha, que já se arrastam por sete anos, ganharam impulso após a reunião do G20, no último final de semana, quando líderes mundiais afirmaram que a conclusão da rodada poderia ajudar a economia global na atual crise financeira.

O diretor-geral da OMC, Pascal Lamy, afirmou nesta quinta-feira que decidirá em breve se convoca uma reunião ministerial antes do final do ano, numa tentativa de concluir Doha.

(Reportagem de Darren Ennis)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.