Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para empresas, País é mercado prioritário entre latinos

SÃO PAULO - O Brasil é o mercado prioritário na estratégia de 69% das empresas que possuem interesse na América Latina em um horizonte de três anos, apontou estudo divulgado nesta sexta-feira pelo Grupo Atradius, elaborado em colaboração com a Economist Intelligence Unit (EIU). Para o levantamento, foram entrevistadas 300 empresas globais que têm ou planejam ter negócios na região.

Agência Estado |

De acordo com a pesquisa, o México ficou em segundo lugar, com 48% de interesse, seguido pela Argentina, com 40%. Já o Chile, que foi considerado pelas empresas consultadas como o mercado com o melhor retorno empresarial, foi citado como prioritário por apenas 22%. Segundo o estudo, o resultado está relacionado ao fato de o país ter um mercado interno relativamente pequeno.

As companhias consultadas destacaram os quadros de estabilidade econômica e política no Brasil e no México. Elas chamaram a atenção para o fato de que o Peru e Chile facilitam as operações de empresas estrangeiras, além de oferecerem estabilidade econômica e política, governo corporativo, ordenamento jurídico e ausência de litígios comerciais.

Já países como Venezuela e Argentina foram prejudicados no levantamento devido a questões como inflação e instabilidade política. "A América Latina tem muito para oferecer às empresas que procuram novos mercados para expansão. Tem uma população jovem e em crescimento, sensível à importação de bens de consumo. Além disso, as reformas dos últimos anos continuam a melhorar a estabilidade econômica e política em grande parte da região", explicou Isidoro Unda, chefe do Grupo Atradius.

Leia tudo sobre: novas empresas

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG