Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para diretor do BC, haverá expansão de dois dígitos no crédito em 2009

BRASÍLIA - O retorno do crédito deve só ocorrer nos próximos meses , pois depende de fatores subjetivos como a retomada da confiança dos bancos e dos tomadores, afirmou hoje o diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Mario Mesquita. Ele prevê que o crédito crescerá a uma taxa de dois dígitos em 2009, embora abaixo do ritmo de 30% verificado este ano.

Valor Online |

" A questão da liquidez está bem encaminhada, mas não existe, contudo, um completo retorno de liquidez " , disse o diretor, ao comentar que, apesar das várias medidas tomadas pela autoridade monetária para irrigar o sistema, as concessões ainda não voltaram à situação antes do agravamento da crise mundial, em setembro.

Ele não quis adiantar qual a previsão do BC para a evolução das concessões de crédito no ano que vem, informando que o número deve ser divulgado amanhã, junto com os dados sobre o comportamento dos empréstimos bancários em novembro.

Segundo Mesquita, há uma certa " demora até o mercado assimilar " todas as medidas para aumento e disseminação da liquidez. " A recuperação pleno depende do que vai ocorrer nos próximos meses " , afirmou, complementando que "não dá para precisar uma data".

Ele disse ainda que o BC tem " uma visão bem pragmática " dos efeitos das medidas anticrise e que a liquidez do sistema bancário " está mais confortável " do que no início da crise.

" Agora, o comportamento do crédito não depende dó da oferta, mas também da demanda de empresas e famílias, qua ainda parecem relutantes com o cenário atual " , completou o diretor do BC.

(Azelma Rodrigues | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG