Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para Bernanke, política dos EUA precisa atuar com vigor

AUSTIN, Estados Unidos, 1o (Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, alertou nesta segunda-feira que a economia dos Estados Unidos continua sob restrições consideráveis e que os formuladores de política precisam tomar ações decisivas para proteger os empregos e o crescimento. A política econômica de nosso país precisa combater vigorosamente os substanciais riscos à estabilidade financeira e ao crescimento econômico que estamos enfrentando, destacou Bernanke em comentários preparados para um evento.

Reuters |

Ele afirmou que mais cortes nas taxas de juro, do atual patamar de 1 por cento, são "certamente factíveis", mas sugeriu que o Fed também usa outras medidas não convencionais para ajudar no crescimento.

"Apesar de a política convencional de taxa de juro estar limitada ao fato de as taxas nominais não poderem cair abaixo de zero, a segunda ferramenta do Federal Reserve --a provisão de liquidez-- continua efetiva", acrescentou.

Bernanke afirmou que o Fed pode adquirir diretamente títulos de longo prazo do Tesouro de forma a influenciar os retornos e estimular a demanda.

"Além disso, o Federal Reserve pode dar suporte à liquidez não somente para instituições financeiras mas também diretamente nos mercados financeiros, assim como fizemos recentemente com o mercado de commercial paper."

A expectativa é de que o Fed corte a taxa de juro em 0,50 ponto percentual na próxima reunião, marcada para 15 e 16 de dezembro, e adote outras medidas para impulsionar a liquidez dos mercados financeiros e limitar a fraqueza econômica.

"A duração da turbulência financeira é díficil de julgar, e então a incerteza ao redor das perspectivas econômicas é notávelmente grande. Mesmo que o funcionamento dos mercados financeiros continue melhorando, as condições econômicas irão provavelmente continuar fracas por um tempo", avaliou.

(Reportagem de Ros Krasny)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG