Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para Bernanke, ações de governos são chave para recuperação

WASHINGTON - O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, afirmou nesta terça-feira que a economia global está sendo fortemente atingida pela crise financeira e a resposta dos governos determinará o momento e a força da recuperação. Por quase um ano e meio, o sistema financeiro global está sob extraordinário estresse --estresse que agora se espalhou decisivamente pela economia global, destacou em comentários preparados para um evento na London School of Economics.

Redação com agências internacionais |

 

"O estrago, em termos de perda de produção, de empregos e de riqueza, já é substancial."

No primeiro discurso sobre o tema desde o início de dezembro, Bernanke acrescentou que o Fed ainda tem "instrumentos poderosos" que podem ser expandidos para estimular uma recuperação mesmo depois de ter cortado a taxa básica de juro para perto de zero.

Bernanke mencionou, entre estas ferramentas, o fato de o Fed poder "influenciar nas taxas de juros a longo prazo informando o público sobre o andamento futuro de sua política monetária".

Segundo o presidente do Fed, o Tesouro americano pode também emitir novos empréstimos em seu nome, como fez no passado, para que o banco central possa aumentar o tamanho de seu balanço e, assim, sustentar a economia.

(Com informações da Reuters e AFP)

Leia mais sobre Fed

Leia tudo sobre: fed

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG