Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para analistas, crise ajudará o BC contra inflação

A crise mundial pode modificar o cenário para a inflação no Brasil em 2009. A expectativa é que o desaquecimento da demanda doméstica, em conseqüência da crise, impeça aumentos significativos de preços e dê uma importante ajuda ao Banco Central.

Agência Estado |

Já a desvalorização do real, dependendo da magnitude, pode provocar pressões importantes sobre os índices inflacionários.

Fábio Romão, da LCA Consultoria, acredita que a crise vai "aprofundar" o desaquecimento da expansão da demanda doméstica. Mas, assim como Cristiano Souza, do Banco Real, e Gian Barbosa, da Tendências Consultoria, ele acredita que as incertezas atuais garantem a manutenção das preocupações do BC. Souza destaca a aceleração nos aumentos de preços dos serviços, que agrava os temores em relação à oferta doméstica.

Ele avalia que a crise, para a maioria dos países, será "deflacionária". "O BC ainda vai ficar atento à oferta e demanda e deverá elevar os juros em 0,5 ponto nas duas próximas reuniões", acredita. Para Gian Barbosa, há muita incerteza no momento, mas é possível que a crise leve a um arrefecimento mais rápido e profundo da atividade doméstica. As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG