Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Para Alencar, rumo do pré-sal deve ter orientação da Petrobras

SÃO PAULO - O vice-presidente da República, José Alencar, mostrou discordância em relação à possibilidade de criação de uma estatal para gerir os recursos gerados pelas reservas da camada pré-sal, descobertas pela Petrobras. Mesmo não atacando a hipótese diretamente, Alencar afirma que a Petrobras tem conhecimento tecnológico de fazer inveja no mundo inteiro e, portanto, suficiente para comandar a exploração das reservas.

Valor Online |

"O Brasil pode ficar tranqüilo. O país possui uma empresa que conhece isso (a Petrobras). A primeira coisa é valorizar essa empresa e a segunda coisa é respeitar contratos", disse, reforçando ser essa sua opinião pessoal sobre a polêmica em torno da gestão das riquezas a serem geradas com as reservas.

O vice-presidente lembrou ainda que o grupo interministerial criado pelo governo para discutir a exploração, gestão e aplicação dos recursos gerados pelas reservas, deve trazer propostas ainda neste mês de setembro. Na opinião de Alencar, a forma de exploração é muito simples: é a orientação da Petrobras.

Leia mais sober Petrobras

Leia tudo sobre: petrobras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG