Karachi, 09 - O Paquistão realizará um leilão para importar 200 mil toneladas de açúcar, em uma tentativa de estabilizar os preços locais e melhorar os estoques, afirmou hoje um executivo da Corporação de Comércio do Paquistão. O leilão abrirá para ofertas em 22 de maio, acrescentou a fonte, que pediu para não ser identificada.

Karachi, 09 - O Paquistão realizará um leilão para importar 200 mil toneladas de açúcar, em uma tentativa de estabilizar os preços locais e melhorar os estoques, afirmou hoje um executivo da Corporação de Comércio do Paquistão. O leilão abrirá para ofertas em 22 de maio, acrescentou a fonte, que pediu para não ser identificada. "Estamos trabalhando rapidamente na importação da commodity, já que um leilão de 50 mil toneladas de açúcar foi cancelado", disse ele. O leilão para importação de 50 mil toneladas, que foi concluído com a Sadan General Trading por US$ 585 a tonelada, foi cancelado na quarta-feira. Contudo, a companhia elevou o volume de açúcar a ser importado em um outro leilão aberto no dia 15 de abril de 200 mil para 300 mil toneladas, revelou o executivo. Os preços do açúcar no Paquistão subiram para 65 rupias paquistanesas por quilo, ante 45 rupias paquistanesas nos últimos seis meses. A produção do país no ano comercial iniciado em 1º de novembro deve alcançar entre 3 milhões e 3,2 milhões de toneladas. Enquanto o consumo deve girar em torno de 4,2 milhões de toneladas, o Paquistão planeja importar 1,2 milhão de toneladas para minimizar a escassez. O país já realizou leilões para importar 350 mil toneladas do produto. As informações são da Dow Jones.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.