Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Panasonic prevê fechar ano fiscal no vermelho e demitirá 15 mil

Tóquio - A gigante japonesa da eletrônica Panasonic acabará com 15 mil postos de trabalho no mundo antes de março de 2010 devido à crise econômica, o que fez a empresa prever nesta quarta-feira que terá seu primeiro prejuízo liquido em oito anos no final do ano fiscal de 2008.

EFE |

 

A maior fabricante mundial de telas de plasma prevê fechar um total de 27 fábricas, 13 delas no Japão, e registrar no ano fiscal 2008, que termina em março, perdas líquidas de 380 bilhões de ienes (US$ 4,244 bilhões).

A empresa, que recentemente mudou seu nome oficial de Matsushita para Panasonic, se une assim a outros grandes da eletrônica japonesa, como a Hitachi, em prever perdas anuais devido à queda da demanda e à valorização do iene.

Leia mais sobre: Panasonic

Leia tudo sobre: prejuízo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG