A gigante de eletrônica japonesa Panasonic anunciou nesta sexta-feira que pretende lançar uma Oferta Pública de Aquisição (OPA) sobre a concorrente Sanyo, também japonesa, num valor de até 9 bilhões de dólares.

A Panasonic informou em um comunicado que fará esta oferta para garantir o controle de pelo menos 70,5% da Sanyo, que nos últimos meses demitiu milhares de funcionários para tentar se recuperar dos prejuízos.

A Panasonic indicou ainda ter alcançado um acordo para comprar cada ação por 131 ienes, num total de 800 bilhões de ienes (cerca de 9 bilhões de dólares), depois que o banco americano Goldman Sachs e outros grandes acionistas se dispuseram a vender suas partes na empresa.

A fusão criaria o maior grupo do setor de eletrônicos do Japão, ultrapassando a Sony e a Hitachi.

sct/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.