Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Panasonic está perto de ficar com Sanyo, diz jornal

SÃO PAULO - O banco de investimentos Goldman Sachs aceitou vender sua participação na Sanyo Electric para a Panasonic, conforme matéria do jornal japonês Nikkei. Detalhes da operação devem ser conhecidos amanhã.

Valor Online |

Pelo acordo, a Panasonic irá pagar ao Goldman Sachs 233,9 bilhões de ienes (US$ 2,7 bilhões), ou 131 ienes por ação.

A notícia vem depois de semanas de resistência do banco de investimentos, que acabou aceitando a proposta com um ligeiro aumento no preço.

Dois outros principais acionistas na Sanyo - o Daiwa Securities SMBC Co. e o Sumitomo Mitsui Banking Corp. - já tinham concordado com a oferta da Panasonic, conforme o Nikkei.

A combinação entre Sanyo e Panasonic criará o maior conglomerado de eletrônicos ao consumidor do Japão.

(Vanessa Dezem | Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG