Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Palocci marca início da votação da reforma para quarta

Mesmo depois do pedido feito por 16 secretários de Fazenda de um prazo maior para aprofundar a discussão da reforma tributária, o presidente da comissão especial da Câmara que analisa o assunto, Antonio Palocci (PT-SP), marcou para quarta-feira o início da votação do substitutivo do relator, deputado Sandro Mabel (PR-GO). Passou o tempo do debate e da exposição de idéias, disse Palocci.

Agência Estado |

"Peço aos secretários que façam tratativas com o deputado Sandro Mabel para que se chegue a um acordo final até a manhã da próxima quarta-feira", afirmou, dirigindo-se aos quatro secretários que ontem apresentaram críticas ao substitutivo, durante reunião da comissão especial.

Pouco depois de Palocci falar, o secretário de Fazenda de São Paulo, Mauro Ricardo, voltou a pedir mais tempo para debater e negociar as alterações com o relator. "O que nós sugerimos é que este projeto não seja votado antes de resolvidos os pontos que os secretários estão questionando. A questão central é que o substitutivo não garante aos Estados a recuperação das perdas que terão com a reforma", disse.

Anteontem, 16 secretários de Fazenda mandaram carta ao presidente da comissão especial pedindo um prazo maior para a discussão do substitutivo de Mabel. Palocci considerou a carta um "documento essencialmente político", numa referência à disputa presidencial que se avizinha, e anunciou que não atenderia ao pedido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: reforma tributária

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG