NOVA YORK - A Palm alertou que sua receita no atual trimestre ficará bem abaixo das estimativas de Wall Street, depois que a fraca demanda por seus smartphones deixaram as distribuidoras com pilhas de estoque excedente. As ações da companhia despencaram 14% no after market de quinta-feira.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237561852697&_c_=MiGComponente_C

Considerando essa queda, a Palm já perdeu metade do seu valor de mercado desde o início do ano.

"A janela está se fechando, não há dúvidas. A empresa tem problemas de caixa e a concorrência contra eles", disse o analista Matt Thornton, da Avian Securities.

Executivos da Palm disseram em uma teleconferência com analistas que a receita do quarto trimestre será menor que US$ 150 milhões, à medida que a empresa auxilia seus parceiros de distribuição, Sprint Nextel Corp e Verizon Wireless, a administrar o estoque excessivo.

Analistas esperavam uma receita de cerca de US$ 306 milhões, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

A Palm entregou 960 mil smartphones no trimestre encerrado em 28 de fevereiro, mas os aparelhos que de fato foram vendidos somaram 408 mil unidades, ante estimativa de analistas de 600 mil aparelhos vendidos.

Leia mais sobre: Palm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.