Tamanho do texto

Redação Central, 19 abr (EFE).- A Suíça ampliou hoje até as 8h locais (3h, horário de Brasília) o fechamento de seu espaço aéreo, devido à nuvem de cinzas formada por um vulcão que entrou em erupção na Islândia na semana passada e forçou o cancelamentos de vários voos na Europa.

Redação Central, 19 abr (EFE).- A Suíça ampliou hoje até as 8h locais (3h, horário de Brasília) o fechamento de seu espaço aéreo, devido à nuvem de cinzas formada por um vulcão que entrou em erupção na Islândia na semana passada e forçou o cancelamentos de vários voos na Europa. A decisão foi tomada pelo Escritório Federal de Aviação Civil (OFAC), cujo porta-voz, Daniel Göring, disse esperar que uma nova nuvem chegue ao céu da Suíça ao longo da tarde de hoje. Já Sérvia, Montenegro e Eslovênia abriram à meia-noite local de ontem seu espaço aéreo, que ficou fechado durante o sábado. Por sua parte, a Autoridade de Aviação Irlandesa (IAA, na sigla em inglês) prolongou hoje o fechamento de seu espaço aéreo por mais seis horas, até as 17h locais (14h, horário de Brasília), e advertiu que as restrições poderiam estender-se até o fim desta semana. A Autoridade Finlandesa de Aviação Civil (Finavia) decidiu hoje abrir temporariamente o espaço aéreo no sul do país, fechado totalmente desde a sexta-feira passada. A República Tcheca também abriu totalmente seu espaço aéreo hoje às 12h locais (7h, no horário de Brasília), que permaneceu fechado desde a sexta-feira. EFE gm-jg-ja-sm-vb-vh/pd
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.