Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

País registra saída de US$ 1,2 bilhão no mês

Brasil perdeu US$ 502 milhões na segunda semana de julho; no ano, fluxo de dólares continua positivo em US$ 2,1 bilhões

AE |

O fluxo cambial continua negativo para o Brasil. Dados divulgados hoje pelo Banco Central (BC) mostram que o País perdeu US$ 502 milhões na segunda semana de julho, entre os dias 5 e 9. Com isso, o fluxo da moeda estrangeira acumula saída líquida de US$ 1,237 bilhão nas duas primeiras semanas de julho, até o dia 9.

Segundo o BC, a saída dos recursos na semana passada foi liderada pelo segmento financeiro, que registrou saldo negativo de US$ 259 milhões. O valor foi gerado pela saída total de US$ 4,331 bilhões, superior ao ingresso de US$ 4,072 bilhões no período. No acumulado do mês, o fluxo financeiro amarga saída de US$ 662 milhões.

Na conta comercial, os números também continuam no vermelho. Na semana, o resultado ficou deficitário em US$ 243 milhões, já que as importações somaram US$ 2,849 bilhões e superaram as exportações de US$ 2,606 bilhões no período. No mês, o déficit do fluxo comercial é de US$ 574 milhões.

No acumulado do ano até o dia 9 de julho, o fluxo de dólares continua positivo, com ingresso de US$ 2,127 bilhões para o Brasil, sendo US$ 1,489 bilhão na conta financeira e US$ 638 milhões no segmento comercial.

Reservas

Mesmo com a saída de dólares do Brasil, o BC mantém sua estratégia de comprar a moeda norte-americana no mercado para reforçar as reservas internacionais. Os dados divulgados hoje mostram que foram US$ 518 milhões registrados nas duas primeiras semanas de julho, até o dia 9. Na média diária, o BC adquiriu US$ 74 milhões em cada dia desse período. O valor é inferior ao observado em junho, quando a média diária comprada pela autoridade monetária ficou em US$ 91 milhões.

Leia tudo sobre: fluxo cambialbanco centraldólares

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG