Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pagar à vista é sempre melhor

Nas lojas, o consumidor já sente no bolso a queda de preços dos eletrodomésticos. No início da semana, o comerciante Roldão Fernandes de Oliveira Júnior, de 27 anos, avaliava o preço de uma geladeira em um supermercado de São Paulo.

Agência Estado |

Ao lado da mulher, Carla Cristina de Oliveira, ele comparava os valores cobrados.

"Acho que os preços caíram bastante. Há um ano, pesquisei a mesma geladeira e, agora, percebi que o valor caiu", disse Oliveira Júnior.

O casal pretendia trocar a geladeira antiga por um nova, mais moderna, aproveitando que os modelos estão mais acessíveis. "Se for vantajoso, vamos até mesmo pagar à vista", afirmou o comerciante.

O auxiliar de escritório Anderson Salgado Faustino, de 22 anos, também visitou supermercado no início da semana, com a mulher Priscila Ferreira Faustino, de 22.

"Vontade de comprar equipamentos eletrônicos a gente sempre tem. O problema é o preço", afirmou o auxiliar de escritório. "Pelo que o brasileiro ganha de salário todo mês, ainda acho os preços muito caros."

Entre os sonhos de consumo do casal, estão um aparelho de som. "Se a gente pudesse, compraria à vista", diz Faustino.

Os economistas lembram que, embora os preços estejam mais baixos, é importante comparar valores antes de fechar a compra. Pagar à vista é sempre mais vantajoso.

"O vendedor pode reduzir a margem do preço à vista e embutir a diferença nos preços financiados", lembra o economista Fernando Sarti, professor do Instituto de Economia da Universide de Campinas (Unicamp).

Segundo ele, a cobrança de um valor menor no preço à vista, acompanhada do aumento dos juros no parcelamento, é uma estratégia comum no varejo.

Leia tudo sobre: compras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG