Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pacote europeu de 750 bilhões de euros impulsiona bolsas da Ásia

SÃO PAULO - As bolsas da Ásia encerraram a sessão com ganhos após os ministros das Finanças da União Europeia acertarem pacote de 750 bilhões de euros com o objetivo de combater os problemas de solvência enfrentados por países europeus e, desta maneira, garantir a estabilidade do euro. O mecanismo envolve a ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI).

Valor Online |

SÃO PAULO - As bolsas da Ásia encerraram a sessão com ganhos após os ministros das Finanças da União Europeia acertarem pacote de 750 bilhões de euros com o objetivo de combater os problemas de solvência enfrentados por países europeus e, desta maneira, garantir a estabilidade do euro. O mecanismo envolve a ajuda do Fundo Monetário Internacional (FMI). As economias da zona do euro vão ter acesso a 440 bilhões de euros em garantias de empréstimos mais 60 bilhões de euros de financiamento emergencial da Comissão Europeia. O FMI entra com 250 bilhões de euros. O acordo acalmou parte do mercado que temia que a crise de dívida grega contaminasse outras economias. Ao fim da sessão, o Shanghai Composite, de Xangai, subiu 0,39%, aos 2.698 pontos. O Hang Seng, de Hong Kong, avançou 2,54%, aos 20.426 pontos. Em Tóquio, o índice Nikkei 225 ganhou 1,6%, para 10.530 pontos. O Kospi, de Seul, registrou valorização de 1,83%, alcançando 1.677 pontos. Entre os destaques de alta desta sessão ficaram Hitachi Construction, com ganho de mais de 1,5%, e a fábrica de máquinas Komatsu, com elevação de quase 2%. Por outro lado, Panasonic teve queda próxima de 2%, após divulgar uma estimativa abaixo da expectativa de alguns agentes. (Karin Sato | Valor, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG