Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pacote de ajuda a montadoras pode sair ainda hoje

SÃO PAULO - O congresso norte-americano estaria perto de fechar hoje mesmo um acordo com o presidente George W. Bush sobre os termos de um pacote de ajuda para as três maiores montadoras de veículos dos Estados Unidos, segundo agências de notícias.

Valor Online |

A porta-voz da Casa Branca Dana Perino disse hoje que um acordo era "bastante provável", mas que o governo esperava que o partido Democrata apresentasse o texto da lei que será colocada em votação.

O pacote de ajuda seria de US$ 15 bilhões a US$ 17 bilhões, segundo a imprensa norte-americana, o que equivale a cerca de metade do volume de US$ 34 bilhões solicitado pela General Motors (GM), Ford e Chrysler no início deste mês no congresso daquele país.

Em anúncio publicado hoje no veículo especializado Automotive News, a GM faz um apelo ao contribuinte norte-americano explicando os motivos pelos quais está pedindo um empréstimo ao governo e admite ter decepcionado e traído a confiança dos seus clientes.

A empresa diz ainda que está pronta para implementar um reformulação do seu modelo de negócios e que espera poder iniciar o pagamento do empréstimo em 2011.

No início deste mês, a GM pediu ao governo dos EUA a liberação de uma linha de crédito de até US$ 18 bilhões, sendo que US$ 4 bilhões teriam que ser liberados imediatamente, para que a empresa não fique sem recursos no caixa.

(Valor Online, com agências internacionais)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG