Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Pacote americano é aprovado por 263 votos a 171

A Câmara dos Representantes aprovou o projeto de US$ 700 bilhões de socorro a Wall Street, no que deverá ser a maior intervenção do governo nos mercados financeiros desde a Grande Depressão. O projeto será agora encaminhado para a assinatura do presidente George W.

Agência Estado |

Bush, que deve fazer um pronunciamento ainda hoje.

A aprovação por 263 a 171 votos representou uma reversão do ocorrido na segunda-feira (dia 29), quando a Câmara chocou os investidores e seus próprios líderes ao votar contra uma versão mais estreita do plano para comprar ativos podres de instituições financeiras. O voto de segunda-feira provocou uma forte queda dos mercados e forçou o governo Bush e os líderes do Congresso a se empenharem com força para salvar o pacote.

O resultado: um plano de US$ 700 bilhões para as empresas financeiras combinado com US$ 152 bilhões em incentivos fiscais e instrumentos para os reguladores federais lidarem com a crescente crise econômica. O Senado aprovou o projeto por ampla maioria, 74 votos a favor e 25 votos contrários, na quarta-feira (dia 1º).

A votação mais apertada na Câmara reflete em parte o fato de que os Congressistas estão a menos de cinco semanas das eleições federais e os eleitores estão cada vez mais preocupados com o tema econômico, mas não se mostravam favoráveis à aprovação do pacote. Os defensores do pacote nos últimos dias fizeram um esforço coordenado para traçar uma linha divisória entre os problemas de Wall Street e os temores dos contribuintes. As informações são da agência Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG