A Câmara de Representantes dos Estados Uidos deverá votar na sexta-feira a versão final do plano de estímulo econômico de 789 bilhões de dólares apoiado pelo presidente Barack Obama, informou nesta quinta-feira um conselheiro à AFP.

Pelo acordo de ontem à tarde entre câmara e Senado, em vez de custar 819 bilhões de dólares, como queriam os deputados, ou 819 bilhões de dólares como pretendiam os senadores, o pacote ficou em 789,5 bilhões de dólares; 65% desse total vão corresponder a gastos do governo federal e 35%, a créditos tributários.

ok/jkb/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.