Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

PAC garante R$ 1,4 milhão para unidade da Embrapa do Amapá

Brasília, 14 - A liberação de R$ 1,4 milhão em recursos do governo federal permitirá a construção de novos prédios e a contratação de novos funcionários na unidade da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) do Amapá. Os recursos estão previstos no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) da Embrapa.

Agência Estado |

Em nota, a assessoria de imprensa do Ministério da Agricultura informou que parte dos recursos será para a construção de um prédio com 722 metros quadrados, auditório para 120 assentos, área de convivência, prédio da Área de Comunicação e Negócios para Transferência de Tecnologias (ACN), além de salas de apoio.

A Embrapa Amapá também terá um complexo destinado ao Gerenciamento de Resíduos Laboratoriais (Gerelab) e outro especialmente com área coberta e aberta, para Gerenciamento de Lixo Doméstico (Gerelixo). "O Gerelab é o local apropriado para recolher e providenciar o gerenciamento de resíduos resultantes das análises feitas nos laboratórios de alimentos, de plantas, de solos e de insetos. E o Gerelixo vai comportar lixo como copos descartáveis, óleo queimado, sucata, papelão e outros", explicou o chefe adjunto de Administração, Izaque Pinheiro.

O investimento terá o reforço no quadro de pessoal da Embrapa Amapá que, por concurso público, deve ampliar de 74 para 130 funcionários nos próximos dois anos. Somente neste segundo semestre, quatro pesquisadores iniciaram atividades no Amapá, das áreas de silvicultura e ecologia florestal, biologia vegetal, zootecnia e conservação de recursos naturais, além de técnicos de laboratório e agropecuária.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG