Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Ovos causam 64% das infecções alimentares

Alimentos feitos com ovos são responsáveis por 64% dos casos de infecção alimentar por bactérias do gênero Salmonella no Estado de São Paulo. A Secretaria de Estado da Saúde analisou 199 surtos ocorridos entre 1999 e 2007.

Agência Estado |

Mais de 6 mil pessoas tiveram diarréia depois de ingerir alimentos contaminados no período.

Cerca de 37% dos casos de infecção estão relacionados à ingestão de ovos crus ou malcozidos. Outros 27% foram causados por pratos feitos à base de ovos, como maioneses caseiras, coberturas de bolos, salgados e lanches. A maior parte das contaminações ocorreu em restaurantes, lanchonetes, padarias e bares: alimentos servidos nesses estabelecimentos causaram 34% dos surtos. Em segundo lugar, com 22%, estão os pratos preparados em casa.

A epidemiologista Maria Bernadete de Paula Eduardo, coordenadora do estudo, explica que a doença foi trazida para o Brasil por galinhas européias na década de 80. "A bactéria migra do intestino para os ovários das aves", explica Maria Bernadete. "Quando isso acontece, os ovos estão, desde a origem, contaminados pela Salmonella." Para evitar o contágio, é recomendado manter os ovos refrigerados, da produção à comercialização, além de cozinhá-los bem.

Mais de 114 mil pessoas ficaram doentes por ingerir alimentos contaminados no País de 1999 a 2007, segundo dados do Ministério da Saúde. Greice Madeleine Ikeda do Carmo, responsável pelo levantamento, lembra que os médicos precisam estar atentos para notificar os surtos.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG