Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Otan estende missão contra pirataria na Somália até 2012

Bruxelas, 10 mar (EFE).- A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) decidiu hoje estender sua missão contra a pirataria nas águas da Somália até o final de 2012, com rotações de grupos navais de modo que a presença de navios militares seja contínua.

EFE |

A missão "está realizando uma contribuição demonstrável no aumento da segurança da navegação", explicou o porta-voz da Otan, James Appathurai.

A extensão da missão foi aprovada pelo Conselho do Atlântico Norte, principal órgão decisório da Otan, após avaliar os resultados das operações internacionais contra a pirataria em águas próximas à Somália.

O número de ataques piratas aumentou em 2009 em relação ao ano anterior, mas o índice de ataques bem sucedidos caiu 40%, destacou o porta-voz.

A Otan também lembrou que os navios que passam pela região usam cada vez mais o corredor internacional traçado no Golfo de Áden e aplicam as recomendações de segurança.

Além disso, a organização manterá as rotações de seus grupos navais de modo que não haja "vazios" entre os grupos navais que realizam as missões.

O grupo naval permanente 2 da Otan (SNMG 2) assumirá o lugar do grupo 1 na próxima sexta-feira para um período de seis meses, acrescentou Appathurai.

Este novo grupo marítimo está formado por cinco navios das Marinhas do Reino Unido, Itália, Estados Unidos, Grécia e Turquia.

EFE rcf/bba

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG